MENU

01/07/2023 às 02h20min - Atualizada em 01/07/2023 às 02h20min

Ação integrada resgata idosa de 60 anos ferida, na parte alta de Maceió

Na manhã desta sexta-feira (30) uma senhora de 60 anos foi resgatada no conjunto Lucila Toledo, no bairro Cidade Universitária, na parte alta de Maceió, durante ação integrada do Programa Pessoa Idosa Protegida. Os trabalhos aconteceram em sete cidades alagoanas.

A idosa foi encontrada pela guarnição da Base Comunitária de Segurança do Batalhão de Polícia de Guardas (BPGd) após uma denúncia que chegou à SSP pelo Disque-denúncia, o 181. Com o olho roxo e um sangramento no nariz, ela foi encaminhada ao Hospital Geral do Estado (HGE), no Trapiche da Barra, por uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar.

O irmão da vítima foi levado à Central de Flagrantes I, no Farol, para prestar esclarecimentos e, em seguida, foi liberado. Ele afirmou à autoridade policial que os ferimentos da irmã foram ocasionados por uma queda. A Delegacia Especial dos Crimes contra Vulneráveis Yalorixá Tia Marcelina irá investigar o caso. Segundo o major Iran Rego, chefe de Prevenção, o caso também continuará sendo acompanhado.
 

“A senhora foi levada ao hospital acompanhada de uma vizinha e iremos repassar o caso ao Centro de Referência de Assistência Social (Creas) Santa Lúcia para que seja feito o acompanhamento necessário. Nós da SSP também iremos seguir prestando a assistência que for preciso”, afirmou ele.

 

A ação encerrou a campanha Junho Violeta, de conscientização e prevenção à violência contra os idosos, da Secretaria de Estado da Segurança Pública, por meio da Chefia de Articulação de Políticas de Prevenção.

 

Outro caso

O tenente Alex Acioli acompanhou as ações e narrou outra situação, verificada na parte baixa de Maceió, quando um senhor de 61 anos com diversas lesões, que deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento em março deste ano.

“Conforme a equipe médica, após o período de internamento, a responsável não quis levar ele para casa. Houve agravamento do estado de saúde, por causa de uma tuberculose, e no mês passado ele foi transferido para o Hospital Helvio Auto. A equipe da Base Comunitária do Vergel esteve lá e foi informada que apenas a irmã do idoso se apresentou, mas não quis fornecer endereço. Ela inclusive fez o senhor assinar uma procuração, tem mantido uma cuidadora como acompanhante dele, mas já sinalizou que não vai levá-lo quando houver alta médica. Também estaremos comunicando a situação ao Creas e pedir que a delegacia especial da Polícia Civil investigue a situação”, disse o tenente.

Operação Idoso Protegido

 

As equipes que atuam na Operação Idoso Protegido já registraram cerca de 50 visitas. Na Capital, os endereços foram nos bairros de Ponta Verde, Benedito Bentes, Vergel do Lago, Jacintinho, Jaraguá e no conjunto Village Campestre.

Já no interior, as guarnições averiguaram denúncias de maus-tratos e abandono de incapaz nas cidades de Passo de Camaragibe, Rio Largo, Arapiraca, Craíbas, Penedo e Paripueira. No entanto, nenhum flagrante ocorreu nessas localidades. Algumas situações, que merecem acompanhamento, foram informadas aos Creas municipais e outras serão levadas ao Ministério Público Estadual.

Em uma das visitas no Agreste, as guarnições da Patrulha Maria da Penha, que estiveram em bairros de Arapiraca, não constataram o que havia sido denunciado, mas no imóvel foram encontrados dois veículos com irregularidades, como discordância nos números de placas e chassi. A Honda CG 150 Fan e a Shineray, ambas de cor preta, foram levadas à Central de Polícia, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por receptação culposa.

Participaram da operação equipes do BPGd, Batalhão de Polícia de Eventos (BPE), 1º BPM, 3º BPM, 4º BPM, 5º BPM, 6º BPM, 8º BPM, 11º BPM, e 3ª e 5ª Companhias Independentes, além da Patrulha Maria da Penha.

 

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://rascunhox.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp