MENU

18/03/2023 às 17h23min - Atualizada em 18/03/2023 às 17h23min

Nove presos suspeitos de comandar ataques no RN são transferidos para presídios federais

Transferência aconteceu na noite de sexta-feira (17), segundo o governo do estado. Com isso, chega a 10 o número de custodiados transferidos para o sistema federal.

g1

Nove presos do sistema penitenciário do Rio Grande do Norte suspeitos de comandar ataques criminosos registrados desde o dia 14 de março no estado foram transferidos para o presídios federais na noite desta sexta-feira (17).

Segundo o governo do estado, a transferência ocorreu em resposta aos atentados recentes. Os nove presos estavam no Presídio Rogério Coutinho, localizado no Complexo de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na Grande 
Natal, e poderão ficar custodiados em qualquer uma das cinco unidades federais espalhadas pelo país - uma delas fica em Mossoró, no Oeste potiguar.

"Os custodiados são acusados de comandar os crimes como homicídios e tráficos de drogas, além de estar envolvido em planos de fugas e ataques a patrimônios públicos e privados no Rio Grande do Norte", informou o governo em nota, neste sábado (18).

Com a transferência, chegou a 10 o número de custodiados do Rio Grande do Norte incluídos nas penitenciárias federais desde o início da crise no estado. 
A primeira transferência ocorreu na terça-feira (14).

A Polícia Civil do RN também apontou que comandos seriam dados de presídios localizados em outros estados do Nordeste, como a Paraíba e Bahia.


As transferências foram realizadas a pedido do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte e do governo local e autorizadas pelo Juiz da Vara de Execução Penal.

No sistema federal, segundo o governo, os presos ficarão isolados em celas individuais, com visitas monitoradas e apenas por parlatório.

Um 
policial penal do Rio Grande do Norte foi morto a tiros em um atentado realizado por criminosos na noite de sexta-feira (17) em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Carlos Eduardo Nazário, de 49 anos, foi socorrido e levado em uma viatura da Polícia Militar para o Hospital Santa Catarina, na Zona Norte de Natal, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O crime ocorreu em meio à escalada de ataques criminosos a prédios públicos, comércios e veículos registrados desde a última terça-feira (14). Pelo menos 45 cidades já registraram ataques. Na noite desta sexta-feira (17), a polícia também registrou tiroteios em Natal.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://rascunhox.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp