MENU

10/03/2023 às 03h58min - Atualizada em 10/03/2023 às 03h58min

Garçom suspeito de matar mulher após discussão em Fortaleza já foi condenado por latrocínio em São Paulo, diz delegado

Eberson de Oliveira Matos disse, após ser preso, que cumpriu metade da pena no regime fechado. Ele é suspeito de assassinar uma mulher com uma perfuração.

g1

https://g1.globo.com/ce/ceara/video/mulher-e-assassinada-com-golpe-de-faca-em-fortaleza-11433063.ghtml
O garçom preso suspeito de matar uma mulher em um posto de combustíveis, em Fortaleza, já é condenado por um latrocínio no estado de São Paulo. A informação foi dita pelo delegado-adjunto Anchieta Fernandes do 5º Distrito Policial da capital, responsável pela investigação. O homem, identificado como Eberson de Oliveira Matos, aparece em um vídeo perfurando a vítima, identificada como Fabills Almeida (37), com um objeto similar a uma faca.

"Contudo, a gente ainda não tem certeza como está o processo dele em São Paulo; se está realmente como ele falou", disse o delegado. O preso nasceu em Minas Gerais, mas viveu durante muito tempo em São Paulo, conforme o delegado. O garçom, no entanto, mora há seis anos no Ceará.

O crime ocorreu no último sábado (4), no Bairro Parangaba, e a vítima morreu dois dias depois em um hospital. O motivo do crime estaria relacionado a uma discussão banal após a vítima ter se incomodado pelo fato de o suspeito falar alto próximo a ela, durante uma ligação por telefone, conforme a Polícia Civil.

 

Discussão


O delegado disse que perguntou ao preso sobre a proporção da reação ao pedido para falar mais baixo. O homem, então, não soube responder devidamente, e disse apenas que estava arrependido do crime.

O delegado também afirmou que o preso negou que conhecia a vítima anteriormente. O suspeito falou apenas que o crime aconteceu devido à discussão no estabelecimento.

“Na segunda-feira (6), a filha da vítima veio registrar um boletim de ocorrência. Até então, a vítima estava viva, no hospital, em estado crítico, mas tinha chance de sobreviver. Poucas horas depois que a filha fez o BO, a mãe veio a óbito”, complementou Anchieta.

Conforme a gerente do estabelecimento onde a vítima trabalhava, a mulher estava em um happy hour com amigos quando o caso aconteceu. Ela tinha o costume de frequentar a loja de conveniência de um posto de combustíveis próximo ao local.

As imagens de câmeras de segurança mostram quando a mulher, sangrando, desfalece e se escora nos braços de uma pessoa para não cair. Ela foi levada para um hospital, onde morreu dois dias depois.

A loja onde Fabills trabalhava lamentou a morte da funcionária.

"É com profundo pesar que a Mix Distribuidora, por meio da gerência e toda direção, comunica a todos os amigos e clientes a perda inesperada da nossa colaboradora Fabills Felipe de Almeida. Lamentamos a perda e nos solidarizamos com a família neste momento", disse em nota.



 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://rascunhox.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp